Estudo sobre "lean thinking" no setor social

Foi publicado, pela Springer, uma editora integrada no índice Scopus, um estudo realizado no setor social português, o qual foi patrocinada pela QA. Analisa o impacto da implementação de Sistema de Gestão Global e Integrado (SGGI), o qual articula princípios da Normas Equass e do modelo Lean Thinking e é infraestruturado em TIC. Intitula-se "Lean Thinking In Non-profit Organizations".

A aplicação do SGGI ao setor social permite diversas consequências, as quais podem ter diferente natureza.

Consequências institucionais:

  • Quando a mudança organizacional é baseada em recursos que divergem na substância e convergem nos fins, a legitimidade afeta a racionalidade;
  • Quando o recurso normativo é mais legítimo do que o recurso tecnológico e a motivação é mais orientada para o valor simbólico do que para o valor instrumental do SGQ, a racionalidade tende a orientar-se para a eficácia organizacional;
  • A liderança organizacional nos seus diversos níveis é variável determinante na implementação do SGGI.

Consequências setoriais:

  • A implementação de sistemas de gestão baseados na combinação de recursos normativos e tecnológicos permite transformar o campo do setor social;
  • A implementação do SGGI aumentou a heterogeneidade do campo social, o que se deve a diferenças intraorganizacionais e inter-organizacionais.


#notícia#social
Arquivo de notícias